terça-feira, 24 de janeiro de 2006

Pra ficar por dentro...

Olá amigos!

Sei que muitos estão atentos nas coisas que acontecem no mundo virtual, mas muita gente simplesmente está viajando sem rumo na net.
Portanto vou deixar aqui uma dica do que deve ser o 'supra sumo' (horrível!!!) da net nos próximos anos (meses, dias... sei lá... tudo muito rápido!).

São os portais customizáveis. Neles você adiciona o conteúdo que quer ver. Isso mesmo! Você pode colocar um pouco de piadas, notícias, seus e-mails, compromissos, links para as suas páginas preferidas, seu site de buscas, etc. Tudo numa página personalizada pra você e por você.
O serviço mais completo, ou pelo menos o que melhor funciona, é o do google (www.google.com.br/ig). Mas a micro$oft também fez uma tentativa chulé, o Live (www.live.com) que por enquanto só tem versão em inglês e não funciona direito. Outra opção é o MyYahoo! (www.yahoo.com.br) que até funciona, mas é feio que só ele! Hehe...

Bom, acho que era isso.

Até +! Abraço pra todos!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

Linux e outros softwares


Olá amigos!

Bom, como a maioria de vocês já sabem, sou um defensor do uso de Software Livre. Lembrem-se apenas que 'Livre' não tem nada a ver com 'Grátis'. São conceitos diferentes. Mas o objetivo desse post realmente não é entrar nesses méritos. Para saber mais sobre os princípios do software livre clique aqui.

Mas continuando, só queria dizer que estou fornecendo cópias de uma versão do Linux extremamente fácil de usar e que roda direto do CD. Se você gostar, pode então instalá-la no computador. Essa versão está totalmente em português e vem com um caminhão de softwares instalados, incluido a suite OpenOffice.org (compatível com Micro$oft Office), aplicativos de acesso à internet, navegadores, editores de imagens, tocadores de mp3, dvd, etc.
Mesmo rodando do CD o Linux reconhece tudo que está no PC, com raras exceções. Em geral, acesso à internet, rede, placa de som, vídeo, funcionam normalmente e até melhor que no Ruindows.

Tá bom, tá bom... Eu sei... Tem coisas que por enquanto ainda não é tão fácil fazer no Linux. A solução é simples. Mesmo instalando o Linux no HD, é possível manter o windows que você tem instalado e ora acessar um, ora outro, sem dificuldade nenhuma.

Se você tiver interesse, apenas entre em contato comigo e peça a sua cópia. Depois é só buscar ou eu envio pelo correio. Como eu disse, Livre não significa gratuito. Mas não se assuste, vou cobrar um valor apenas simbólico, para cobrir os custos da gravação, consumo de neurônios e, se for o caso, do envio pelo correio. Nada mais.

Mas se você é vítima das circunstâncias (embora eu pense que isso não existe) e precisa usar o Windows, também tenho uma vasta lista de softwares de todas as categorias. Diga-me o que precisa e vejo o que tenho disponível. A política de preço é a mesma. Apenas pra cobrir custos de gravação e consumo de neurônios. Logicamente tenho também diversos programas para Linux.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006

Encontro


Hehe... Fotos do encontro da turma do 3º E.M. - 2000

Pra variar, apenas os mesmos de sempre. Fora a Bebel, que veio de longe pra visitar a gente!

Um grande abraço pra todos! Foi divertido relembrar os velhos tempos...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

A ilha

Se você ler meus reviews (no multiply) vai ver os comentários que fiz sobre o filme "A Ilha".

Pois é. Escrevendo sobre o filme, começei a pensar em ilhas. Mas não no sentido real da palavra. Pensei em isolamento. Pessoas que vivem isoladas ou que se isolam por não buscarem sua liberdade. Parece poético, mas é apenas real e bastante simples.

Não quero falar de psicologia, política, ou coisa assim. Certamento isso está envolvido, mas não é o ponto onde quero chegar. Pelo menos não hoje.

Vou partir de algo bem simples, que certamente quem ler esse texto vai poder entender. Vejam o exemplo da internet. Temos à nossa disposição uma quantia de informações que jamais se imaginou ser possível acessar. Pois bem, a coisa cresceu tanto que ficou difícil filtrar o conteúdo realmente útil, ou pelo menos o conteúdo que seja de nosso interesse. Hoje, iniciamos nosso navegador web qualquer em uma pagina qualquer, lemos um conteúdo qualquer, uma notícia qualquer, e ficamos aí passivos frente a toda informação que reluz na tela. Aí você me dirá: 'mas eu uso um sistema de busca bastante sofisticado. eu uso o yahoo!' ou 'eu uso o google e procuro a informação que quero ver'. Pois eu lhe digo que não sabemos usar nem um décimo do potencial dessas ferramentas e perdemos nosso precioso tempo (que hoje vale muito $$) com cliques inúteis que nos levam a conteúdos insuficientes, confusos e superficiais. Sistemas de busca são apenas uma das ferramentas que não sabemos usar. Ou você sabe me dizer como encontrar em menos de 5s o significado de uma palavra sem ter que passar por mais de duas páginas? Ou ainda, quantos são os que sabem como ter em seu desktop notícias atualizadas de conteúdos relevantes e apenas de seu interesse?

O que me preocupa é o fato de estas informações, essas ferramentas e tudo mais estar disponível para todos que tem acesso à internet (por enquanto vamos considerar apenas quem tem o acesso). O conteúdo não é segmentado. O que eu consigo ver aqui é o mesmo que você consegue ver aí! Então por que algumas pessoas sabem utilizar o que a rede oferece de forma simples, rápida e eficiente enquanto outras navegam sem rumo e muitas vezes sem encontrar o que buscam? Tentado achar respostas para esse questionamento, encontrei uma série de possibilidades. Não quero dar peso maior à uma ou outra, nem achar culpados. Apenas quero deixar meus pensamentos aqui para quem ler também refletir.

Pois bem. Uma das primeiras barreiras que encontrei em nosso querido povo brasileiro foi o comodismo. Isso mesmo. Em geral você sabe que perde tempo, que não acha o que busca, sabe que tem como ser melhor, mas não busca as soluções. Preferimos perder tempo com coisas inúteis ("vai que encontremos algo divertido no meio disso") do que investir em aprendizado ou melhoria. Enxergamos a internet como apenas uma possibilidade e não uma solução.

Mas há também os interessados em desvendar os mistérios Internet e aprimorar o seu uso, pois sabem que têm em suas mãos uma ferramenta de trabalho muito preciosa. Porém, mais uma vez nós brasileiros ficamos pra trás. Quando buscamos aprender sobre a internet, nos deparamos com a maior parte da informação em inglês! E não entendemos. Ou entendemos pela metade, nos decepcionamos e... desistimos! Serviços muito bons, como o Multiply, por exemplo, estão em inglês e por isso muitos de nossos amigos não estão aqui. O orkut teve uma explosão enorme quando seu conteúdo ficou disponível também em português. Vi muitos amigos sofrerem para responder os campos do seu perfil ou inventarem desculpas para não estar no orkut. Depois da facilidade em português, estavam todos lá, todos os dias. Fico pensando até quando vamos ficar sem aprender outros idiomas. Mas o mais absurdo: não sabemos corretamente nem o nosso português!

Aí volto ao ponto anterior. Mesmo não sabendo inglês, podemos quebrar o galho. Sim! Há ferramentas de tradução na internet! Mas quantos sabem utilizá-las de forma eficiente, rápida? Você sabe?

Da mesma forma nos acomodamos ao consumir programas ou sistemas operacionais ruins sem buscar uma alternativa. Não sabemos fazer downloads e nem encontrar o que queremos. Mal sabemos quais alternativas existem. Simplesmente engolimos tudo que esta aí, seja na internet, na televisão, no rádio (que cada dia apresentam uma convergência maior).

Ok, ok. Muitos sabem como usar, filtrar e aprender. Conseguem encontrar o que buscam rapidamente e absorvem as novas e melhores tecnologias em tempo real. Mas são poucos. São poucos também os que vão ler esse texto até o final; e talvez sejam os mesmos. Essa ilha tem poucos habitantes.

(Hoje fico por aqui. Mas continua...)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2006

Que casal, hein!?

Essa foto minha querida prima Daia tirou de mim e da Sabri na dupla-formatura do meu tio Ademar e da minha priminha queridinha Vani!
Hehehe

Parabéns aos dois pela conquista!

Se bem que pra dar os parabéns pra minha prima deveria aguardar até dia 19. Que feio, né?! Fazer festa antes de se formar. Cada coisa que acontece nesse família.

No dia da festa pelo menos tínhamos 110l de chopp pra tomar. E agora, com esse calorão, que falta faz um chopp geladinho... 40º é demais...

Buenas, aproveito pra agradecer as visitas dos meus amigos e familiares ao blog e das visitas que vocês tem feito aos sites dos anunciantes (acima e ao lado). Até o momento já temos quase 1000 page-views no meu blog pessoal, fora o da empresa e o 'vendendo'.

Se você quiser deixar algum comentário, mensagem, sugestão, é só clicar em Comentários logo aqui abaixo.

terça-feira, 10 de janeiro de 2006

Sugestão de Download

Você está cansado da lerdeza e dos constantes erros do Internet Explorer?
Quer melhorar a forma como você acessa a internet?
 
Seus problemas acabaram!!
 
Hehehe
 
Faça o download do Firefox e tenha uma nova experiência com a Internet.
 
Clique no link que está na seção de Links (ao lado >>) e faça o download.

sábado, 7 de janeiro de 2006

Feliz Aniversário!

Essa foto vai em homenagem ao meu grande amigo Bruno!!
Feliz Aniversário pra ti!!



Hehehe...
 Posted by Picasa

sexta-feira, 6 de janeiro de 2006

Músicas Alemãs - Volksmusik


Pra quem tiver interesse, estou com uma boa coletânea de músicas alemãs em MP3 (muita bandinha - Volksmusik).

Ótimo para presentar ou simplesmente fazer um agrado ('puxar o saco'). Hehe...


O arquivo inclui artistas como:

  • Heino
  • Alpenland Quintett
  • Blaue Jungs
  • Die Flippers
  • Die Klostertaler
  • Freddy Quinn
  • Marianne & Michael
  • Peter Alexander e outros...
  • Os estilos musicais são diversos, mas as tradicionais estão todas no repertório. Muita Volksmusik pra animar festa!

    Zigge Zagge, Zigge Zagge, Hoi Hoi Hoi!!!!

    Rätätä,. Rätätä - Morg'n hamma Schädelweh!!

    Para conseguir uma cópia entre em contato comigo.

    -->> UPDATE (07/07/2006): Não envio músicas em mp3 por e-mail.

    Que vergonha

    Aí estão as fotos pra quem duvidar!

    Os caras comem o churrasco, bebem todo o chopp e depois simplesmente somem com a mesa, bancos e tudo mais.
    Que vergonha!














    Hehehe...

    quinta-feira, 5 de janeiro de 2006

    A formiguinha feliz

    Todos os dias, bem cedinho a Formiga produtiva e feliz chegava ao escritório. Ali transcorria os seus dias, trabalhando e cantarolando uma velha canção de amor. Era produtiva e feliz, mas não era supervisionada. O Marimbondo, gerente geral, considerou o fato impossível e criou um cargo de supervisor, no qual colocaram uma Barata com muita experiência.
    A primeira preocupação da Barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída, além de preparar belíssimos relatórios. Bem depressa se fez necessária uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e, portanto, empregaram uma Aranhazinha, que organizou os arquivos e se ocupou do telefone. Enquanto isso, a Formiga produtiva e feliz trabalhava e trabalhava. O Marimbondo, gerente geral, estava encantado com os relatórios da Barata, e terminou por pedir também quadros comparativos e gráficos, indicadores de gestão e análise de tendências. Foi então, necessário empregar uma Mosca ajudante do supervisor, e foi preciso um novo computador com impressora colorida. Logo a Formiga produtiva e feliz parou de cantarolar as suas melodias e começou a lamentar-se de toda aquela movimentação de papéis que tinha de ser feita.
    O Marimbondo, gerente geral, concluiu, portanto, que era o momento de adotar medidas: criaram a posição de gestor da área onde a Formiga produtiva e feliz trabalhava. O cargo foi dado a uma Cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial. A nova gestora de área - claro - precisou de um computador novo, e quando se tem mais do que um computador, a Internet se faz necessária. A nova gestora logo precisou de um assistente sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar o plano estratégico e o orçamento para a área onde trabalhava a Formiga produtiva e Feliz. A Formiga já não cantarolava mais, e cada dia se tornava mais irascível...

    "Precisamos pagar uma consultoria externa para que seja feito um estudo profundo e independente sobre o ambiente de trabalho um dia desses", disse a Cigarra. Mas um dia, o gerente geral - ao rever as cifras - se deu conta de que a unidade na qual a Formiga produtiva e feliz trabalhava não rendia muito mais. E assim contratou a Coruja, consultora prestigiada, para que fizesse um diagnóstico da situação. A Coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um relatório brilhante e com vários volumes e custo de "vários" milhares, que concluía:
    "Há muita gente nesta empresa."
    E assim, o gerente geral seguiu o conselho da consultora e demitiu a Formiga, por que andava muito desmotivada e aborrecida... e ultimamente improdutiva.

    Não que seja sempre assim, mas muitos casos parecem ser uma cópia dessa história (ou vice-versa).

    quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

    Viagem Serra Gaúcha


    Essa fotinho é da viagem que fizemos à Serra Gaúcha nesse inverno.
    Estava muito bom. Nunca passamos tanto frio!
    Hehehe

    Na foto a Sabri e eu ao lado do nosso amigo BigBull.

    Beijus pra você Sabri! Posted by Picasa

    Mail Blogger

    Estou apenas testando o Mail Blogge... Espero que funcione. Hehe...

    terça-feira, 3 de janeiro de 2006

    Churras na Krau

    Agora uma foto do churras na casa da Krau
    Outro dia muito massa!

    Pela nossas caras dá pra ver como estávamos bem!
    Hehehe

    Churras Amigo Secreto


    Hehehe!!

    Esse dia estava massa!!

    Pena que meu amor não estava lá.

    Observem o nível dos presentes! O valor era limitado a dois reais. Com certeza foi o amigo secreto mais divertido que já fizemos.

    Um abraço pra todos. Por favor comentem!

    Start

    Mensagem inaugural

    Ainda não sei se vou utilizar esse blog, mas achei interessante ter um espaço para publicar idéias perdidas, fotos, opiniões, ou qualquer outra coisa.

    Sei que vai ser apenas mais um entre milhões de espaços de expressão, mas esse é o meu espaço e espero que, se usado, tenha valor para as pessoas próximas a mim que venham a ler, espiar ou criticar o que for publicado.

    Um grande abraço à todos.

    Feliz 2006 e muito suce$$o!