terça-feira, 21 de março de 2006

Software livre chega às máquinas-ferramenta

Software livre chega às máquinas-ferramenta
Da redação
14/03/

Tornos, fresas e máquinas de corte a laser são apenas alguns exemplos de equipamentos industriais hoje totalmente controlados por computador. Esses computadores - ou controladores de máquinas - são equipamentos digitais dedicados, rodando programas feitos para cada máquina e, em alguns casos, projetados para que a máquina execute apenas uma tarefa específica.
É aí que começam os problemas: não é fácil - algumas vezes é virtualmente impossível - alterar esses programas, para que o equipamento possa ser utilizado com maior flexibilidade.
Agora, um grupo de pesquisadores europeus, reunidos no projeto OCEAN, criaram um padrão de software aberto que deverá permitir que as empresas alterem os programas de seus equipamentos industriais, além de manter a propriedade intelectual sobre essas alterações.
O projeto OCEAN estabeleceu um padrão para o desenvolvimento de módulos utilizando programas livres. "Nós utilizamos Linux, RTAI e Real Time Corba, todos sistemas bem conhecidos, desenvolvidos sob os princípos de código aberto," explica o gerente do projeto, Fabrizio Meo.
Ao invés da "caixa-preta" que hoje são os programas desses equipamentos industriais, agora será possível que diversos módulos troquem informações de forma padronizada, evitando que, para se alterar o processo executado por uma máquina, por exemplo, tenha que se reconstruir todo o software; o problema poderá ser resolvido apenas com a substituição ou adição de um novo módulo.

Postar um comentário