segunda-feira, 15 de maio de 2006

O sapo e o escorpião

Leia e comente...

Certa vez, um escorpião aproximou-se de um sapo que estava na beira de um rio.

O escorpião vinha fazer um pedido: "Sapinho, você poderia me carregar até a outra margem deste rio tão largo?"

O sapo respondeu: "Só se eu fosse tolo! Você vai me picar, eu vou ficar paralizado e vou afundar."

Disse o escorpião: "Isso é ridículo! Se eu o picasse, ambos afundaríamos."

Confiando na lógica do escorpião, o sapo concordou e levou o escorpião nas costas, enquanto nadava para atravessar o rio. No meio do rio, o escorpião cravou seu ferrão no sapo. Atingido pelo veneno, e já começando a afundar, o sapo voltou-se para o escorpião e perguntou: "Por quê? Por quê?"

E o escorpião respondeu: "Por que sou um escorpião e essa é a minha natureza."


(Parábola Africana)
UPDATE(22/05/06): Bom, já que ninguém comenta, eu mesmo o faço... Hehe...
Essa parábola mostra de forma simples o que vivemos constantemente em nossa sociedade. Temos muitos escorpiões a solta e algumas pessoas tendem a ser sapos, enrolados pela conversa e pela astúcia daqueles que jamais deixarão de ser maus, violentos e corruptos.
Esses escorpiões ficam presos por pouco tempo, são soltos e voltam a cometer seus crimes. E nossa 'justiça' continua a acreditar que bom comportamento ou poucas evidências de risco são motivos para deixar criminosos extremamente perigosos soltos por aí.
É muito triste, mas precisamos aprender que boa parte dos criminosos tem as motivações para suas atrocidades em sua própria natureza. São crianças que nasceram e cresceram em ambientes onde a falta das suas necessidades básicas eliminou limites psicológicos para as formas que seriam usadas para supri-las. Dias de bom comportamento não provam a sua compreensão de limites e valores. Além disso a sedução do poder no mundo do crime é tentadora demais para aqueles que cresceram sem poder participar ativamente em sua sociedade.
Infelizmente, enquanto não tivermos um país onde as pessoas possam crescer sem ter que se preocupar com as bobagens que seus governantes fazem, com as empresas sendo apoiadas, gerando emprego e renda, e, principalmente, com o setor primário sendo apoiado, financeira e intelectualmente, para produzir com mais diversidade, qualidade e rendimento, teremos que compreender a necessidade de manter nossos escorpiões presos e isolados.
Meu pensamento traz muita coisa ainda... Mas gostaria mesmo de saber a sua opinião... Comente...
Postar um comentário