segunda-feira, 3 de abril de 2006

iPod Shuffle


Como prometi no último post vou tecer aqui, brevemente, minhas impressões sobre o iPod Shuffle.

O aparelho se destaca principalmente pelo design, peso e pela ausência de slot para pilha. Branco, leve e extremamente simples, o Shuffle conta com uma bateria interna que é carregada automaticamente ao conectar o dispositivo na porta USB do computador.

Com apenas um conjunto simples de botões é possível operar o tocador de música digital, que irá tocar as canções ou em ordem aleatória (por isso 'Shuffle'), ou na sequência definida na hora de transferir as músicas. Aí temos um ponto importante: só é possível tocar músicas no seu iPod Shuffle se elas forem transferidas usando o software iTunes (da Apple, fabricante do iPod). Existem versões do iTunes para Windows e Mac. Usuários Linux precisam recorrer a outros softwares, como o amarok.

Logicamente você pode usar o Shuffle também como um simples pen-drive, largando qualquer tipo de arquivo nele, inclusive arquivos de música, mas que não serão tocados se forem apenas copiados para a memória do iPod.

O ponto negativo do Shuffle é a ausência de display, para visualização dos títulos das faixas e navegação pelas músicas, e também a ausência de opções de equalização do áudio.

Talvez o ponto forte do iPod seja justamente o seu design e os serviços que fazem referência a ele, com o software iTunes e a febre dos podcasts. Também seu preço é competitivo, quando comparado aos players de marcas como Sony, Panasonic, Hp e outras.

Se você tiver interesse em adquirir um iPod, visite http://universalav.blogspot.com e solicite cotação, sem compromisso.

Postar um comentário